Ponto…final!

Como é duro

Colocar um ponto final.

Ponto final…sem qualquer expectativa ou continuidade

Sem olhar para a frente, sem querer.

Ponto final…

Olhar para dentro, perceber e aprender

Seguir em frente sem olhar para trás?

Olhar sim, para relembrar o que foi esquecido.

Mas sem apego, sem ciúme!

Sem vontade de reviver de vestir o que ficou apertado,

De tocar o que fere

De sentir o que não basta!

Como é duro…

Quem escutar? A razão ou o coração?

O coração é um músculo que bombeia sangue para o corpo, garantindo o seu funcionamento.

Ouvir a razão? Mas qual razão? A mental ou a da intuição?

Como caminhar, se ainda estamos paralisados?

Pela dor, pelo querer, pelo afeto, pelas memórias…

Como é duro…colocar um ponto final!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s